Anúncios Google
30/04/19 Terça-feira
Mamborê  
Projeto da Câmara sobre eliminador de ar nas tubulações é sancionado pelo prefeito
O prefeito de Mamborê Ricardo Radomski sancionou, na sexta-feira (26), a Lei nº 40/2019, que obriga a empresa concessionária do serviço público de abastecimento de água (Sanepar) a proporcionar a instalação de um equipamento eliminador de ar na tubulação, antes do hidrômetro.

A origem da lei foi o Projeto nº 35/2019, de autoria dos vereadores: Hildebrando Ribeiro de Oliveira (PV), José Corchak (PDT), Juvelino da Costa Guerra (PV), Maurício Jotta Massano (MDB) e Osvaldo Sibardeli (PSDB). Em ambas as votações, o Projeto 35 foi aprovado por unanimidade pelo Poder Legislativo.

“O que não se pode aceitar é o fato de que o

  consumidor por vezes pague por este ar, como se água fosse e no preço desta, uma vez que o ar representa, pelo menos, cerca de 20% a 30% do consumo cobrado pelas distribuidoras”, diz parte da justificativa do projeto apresentado pela Câmara, aprovado pela mesma e sancionado pelo prefeito.

Alguns detalhes da lei

Os hidrômetros que forem instalados após a promulgação da lei, deverão ter o equipamento eliminador de ar, e sem custo extra ao consumidor. Para os hidrômetros já instalados, se o proprietário solicitar a instalação, haverá o custo do equipamento e do serviço.